controle coronavirus china 

 

A China estabeleceu um conjunto de diretrizes para facilitar a prevenção e o controle regular do novo coronavírus SARS-CoV-2 e prevenir a doença que causa (COVID-19).

O documento orienta um conjunto de prevenção e controle para conter as transmissões. Destacam-se 20 medidas que vão desde a prevenção diária de transmissão em espaços públicos até o reconhecimento transregional de códigos de saúde com base em telefones celulares, disse Li Bin, subchefe da Comissão Nacional de Saúde, em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira.

O documento estipula medidas direcionadas para evitar a importação de casos de COVID-19 e o ressurgimento no país, disse Li, acrescentando que esforços concretos são necessários para entrincheirar o impulso positivo e sustentar a restauração da ordem econômica normal.

As autoridades locais foram solicitadas a orientar o público a manter a distância social adequada e seguir conselhos científicos sobre o uso de máscaras de proteção.

Além da implementação da detecção precoce, notificação, isolamento e tratamento de infecções, as diretrizes também se comprometeram a minimizar a área de contenção para reduzir o impacto no trabalho e na vida normais.

Os espaços públicos serão reabertos de forma ordenada e com base em diferentes categorias, especialmente para instituições médicas e escolas, orienta o documento. Também há a orientação de uma maior expansão da capacidade de teste de ácido nucleico e ajustes oportunos dos níveis de risco para diferentes regiões.

 

Fonte: Xinhua