farmacia

 

O Procon-PE realizou, no início deste mês, a terceira pesquisa de medicamentos de 2019. As diferenças de valores são gritantes. O ácido acetilsalicílico pode ser encontrado com a diferença de 2.314,29%. O analgésico, com 32 comprimidos, pode ser comprado em sua forma genérica nos valores de R$ 0,70 e R$ 16,90, nas farmácias do Cabo de Santo Agostinho. 

Os fiscais do órgão de defesa do consumidor passaram por 61 farmácias de nove municípios: Vitória de Santo Antão, Cabo de Santo Agostinho, Goiana, Caruaru, Recife, Olinda, Camaragibe, Paulista e Jaboatão dos Guararapes (esses cinco últimos entram em um único bloco da pesquisa, o da RMR). 

O levantamento mostra que entre os produtos de marca e os genéricos, a diferença percentual é grande. No município de Vitória, o AAS, de marca, foi encontrado por R$ 15,90 e por R$ 1,99, uma diferença de 698,99%. 

Já o Vasopril, um medicamento para hipertensão, no município de Caruaru, chega a uma diferença percentual de 442,06%. No bloco da Região Metropolitana o remédio de marca Atenolol, para controle de hipertensão arterial, apresentou uma diferença de 707,02%, podendo ser encontrado por R$ 32,20 e R$ 3,99. 

O Procon-PE pesquisa medicamentos para tratar: controle da hipertensão arterial; controle do diabetes; analgésicos; para náuseas e vômitos; rinite alérgica; anti-helmíntico; anti-inflamatório; bronco dilatador; excesso de gases e antibiótico para o tratamento de infecções bacterianas. 

Neste levantamento, é possível identificar o preço de cada item por estabelecimento, fornecendo assim ao consumidor, os locais e endereços onde o produto encontra-se com preço mais acessível. Foram pesquisados 38 medicamentos, sendo 19 de referência (marca) e 19 genéricos. 

CLIQUE AQUI E ACESSE A PESQUISA.