belviq remedio contra obesidade

Um dos principais benefícios de Belviq® está na segurança, não sendo uma substância estimulante ou narcótica, além do fato de o paciente continuar perdendo peso ao longo do tempo.

 

A partir de outubro, a Eurofarma, presente em 20 países e a farmacêutica brasileira que mais investe em inovação, anuncia a chegada de Belviq® (cloridrato de lorcasserina) ao Brasil, medicamento inovador no combate à obesidade e ao sobrepeso.

Estudos clínicos mostraram que, após 52 semanas de tratamento, quase metade dos pacientes que usaram lorcasserina perderam 5% ou mais do peso corporal, sendo que cerca de 22% desses pacientes perderam 10% ou mais do peso corporal¹.

Disponível em todo o país, o produto é um aliado a mudança no estilo de vida, com dieta e atividade física, para a perda e manutenção do peso. Não sendo uma substância narcótica nem estimulante, Belviq® apresenta boa tolerabilidade e, consequentemente, permite boa aderência ao tratamento. Unido a isso está a segurança cardiovascular, comprovada pelos estudos clínicos: a taxa de eventos cardiovascular com uso de medicamento foi semelhante ao grupo que usou placebo²,1.

“Belviq® amplia ainda mais nossas soluções para o combate à obesidade e ao sobrepeso, além de trazer segurança e comodidade para médicos e seus pacientes. Este medicamento inovador possui eficácia aliada a segurança e tolerabilidade a fim de reduzir, por exemplo, o efeito sanfona, que tanto agride pacientes que sofrem desse mal”, comenta Roberta Junqueira, diretora Comercial da Eurofarma.

 

Epidemiologia

A prevalência da obesidade vem aumentando entre adultos, tanto nos países desenvolvidos quanto naqueles em desenvolvimento e, no Brasil, não é diferente. Dados recentes apontam que 54% dos brasileiros estão com sobrepeso e aproximadamente 20% dos brasileiros já são considerados obesos. De acordo com o Ministério da Saúde, 1 em cada 5 brasileiros sofre com a obesidade. Nos últimos 10 anos, a população obesa no Brasil passou de 11,8% em 2006 para 18,9% em 2016, representando um crescimento de 60%. Este número é ainda mais alarmante quando levamos em consideração a população entre 18 e 24 anos, na qual houve um crescimento da obesidade em 110%³.

Lorcasserina foi aprovada em 2012 pelo Food and Drug Administration (FDA) nos Estados Unidos como adjuvante de uma dieta reduzida em calorias e aumento da atividade física para controle crônico de peso em pacientes adultos com um índice de massa corporal (IMC) ≥30kg/m² (obesidade) ou ≥27 kg/m2 (sobrepeso) na presença de pelo menos uma comorbidade relacionada ao peso (exemplo: hipertensão, dislipidemia ou diabetes mellitus tipo 2). O produto foi lançado nos Estados Unidos em 2013, e aprovado em 2016 no México e Brasil.

 

Segurança Cardiovascular

Um estudo realizado em 12 mil pacientes obesos ou com sobrepeso que apresentavam doença cardiovascular aterosclerótica ou múltiplos fatores de risco, como hipertensão e diabetes, comprovou a segurança cardiovascular do tratamento com a lorcasserina. O estudo constatou que o tratamento a longo prazo não aumenta a incidência de Eventos Cardiovasculares Adversos Maiores (MACE), incluindo infarto do miocárdio, derrame e morte cardiovascular. O objetivo de segurança primário do estudo foi atendido e também foi demonstrado melhora de vários fatores de risco cardiovasculares, incluindo pressão arterial, lipídios, glicemia e função renal. Além disso, o tratamento com lorcasserina diminui o risco de incidência de diabetes, induz a remissão da hiperglicemia e reduz o risco de complicações microvasculares em pacientes obesos ou com excesso de peso, ajudando na modificação do estilo de vida para o controle crônico do peso e da saúde metabólica2,3.

Belviq® é o único medicamento para tratar obesidade e sobrepeso com comprovada segurança cardiovascular. O estudo de segurança cardiovascular em referência (CAMELLIA-TIMI 61) foi realizado em oito países, com acompanhamento médio de 3,3 anos e não mostrou diferença entre lorcasserina e placebo em eventos cardiovasculares (morte CV, IAM, AVC, IC, hospitalização por angina instável e revascularização miocárdica).2

 

Tolerabilidade

Trata-se de uma droga moderna com alta tolerabilidade, apresentando baixa incidência de eventos adversos, sendo os mais comumente relatados: cefaleia (dor de cabeça), tontura, fadiga, náusea, boca seca e constipação em pacientes sem diabetes, hipoglicemia, dor nas costas, tosse e fadiga em pacientes diabéticos, sendo eventos esporádicos e passageiros.2,4,1

 

Belviq® na América Latina

Eurofarma e Eisai, empresa farmacêutica multinacional e líder em pesquisa e desenvolvimento com sede no Japão, firmaram acordo para comercialização e distribuição de Belviq em 18 países da América Latina (Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, México, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela e América Central e Caribe: Belize, Costa Rica, República Dominicana, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua e Panamá). 

“Nossa presença em toda América Latina, excelente performance em vendas e padrões éticos foram fatores fundamentais para a parceria com a Eisai, que passa a oferecer o medicamento em um mercado bastante relevante mundialmente”, explica Martha Penna, vice-presidente de Inovação da Eurofarma.

 

Fontes:

1 Smith SR et al. Behavioral Modification and Lorcaserin for Overweight and Obesity Management (BLOOM) Study Group. Multicenter, placebo-controlled trial of lorcaserin for weight management. N Engl J Med. 2010 Jul 15;363(3):245-56.
2 Bohula EA et al. CAMELLIA–TIMI 61 Steering Committee and Investigators. Cardiovascular Safety of Lorcaserin in Overweight or Obese Patients. N Engl J Med. 2018 Sep 20;379(12):1107-1117.
3 Vigitel Brazil 2017: surveillance of risk and protective factors for chronic diseases by telephone survey: estimates of Frequency and sociodemographic distribution of risk and protective factors for chronic diseases in the capitals of the 26 Brazilian states and the Federal District in 2017.
4 Bohula EA et al. CAMELLIA-TIMI 61 Steering Committee Investigators. Effect of lorcaserin on prevention and remission of type 2 diabetes in overeight and obese patients (CAMELLIA-TIMI 61): a randomised, placebo-controlled trial. Lancet. 2018 Nov 24;392(10161):2269-2279.

 

Sobre o Grupo Eurofarma

A Eurofarma é uma empresa de saúde, concentrada em oferecer produtos e serviços para melhorar a vida das pessoas com qualidade, inovação e preço justo em todos os principais segmentos farmacêuticos: Prescrição Médica, Genéricos, Hospitalar, Oncologia, Isentos de Prescrição e Veterinária. Só no Brasil, a companhia oferece 287 diferentes moléculas e mais de 600 produtos. Líder em receituário médico, atende 30 diferentes especialidades e cobre 101 classes terapêuticas, que representam 89% das vendas do varejo farmacêutico. Detentora de uma das maiores forças de vendas do país realiza aproximadamente 600 mil contatos médicos por ano.

Fundada em 1972 e primeira multinacional farmacêutica de capital 100% brasileiro, possui operação própria em 20 países e mantém importante parque fabril no Brasil além de plantas em outros 6 países da América Latina. Em 2018, o grupo reportou vendas de R$ 4,3 bilhões e emprega mais de 6,7 mil colaboradores.

 

 Leia também: