bayer farmaceutica

Adib Jacob, até então Presidente para o Brasil, passa a liderar também a região.

 

O Brasil é o segundo maior mercado do grupo Bayer globalmente e está ganhando cada vez mais relevância nas estratégias de negócios da companhia. A empresa acaba de transferir para a cidade de São Paulo o escritório regional da Divisão Farmacêutica na América Latina, sediada anteriormente em Whippanny, nos Estados Unidos.

Adib Jacob, que desde fevereiro de 2019 atua como Presidente para a Divisão Farmacêutica no Brasil, passa a assumir também o cargo de Presidente para a América Latina, reportando-se a Sebastian Guth, presidente da divisão para as Américas. “Essa nova configuração nos prepara para o sucesso de longo prazo da divisão Farmacêutica na região, pois teremos mais agilidade na tomada de decisão e progressos em áreas-chave, como a inovação“, afirma o executivo.

Nos últimos anos a Bayer vem ampliando seu pipeline de tratamentos inovadores. Em 2019, no Brasil, foram aprovados ou lançados cinco medicamentos nas áreas de Oncologia, Saúde Feminina e Cardiologia. “Temos trabalhado tanto para trazer terapias novas ao mercado quanto para buscar novas indicações para medicamentos já aprovados“, reforça Adib.

Formado em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica (Universidade de São Paulo) e com dois mestrados concluídos (Marketing na ESPM - Escola de Propaganda e Marketing e Negócios na FGV - Fundação Getúlio Vargas), o executivo tem mais de 25 anos de experiência em gerenciamento e um sólido histórico em posições globais, regionais e locais na indústria farmacêutica. Adib também participou de vários seminários e cursos em instituições como Harvard, IMD e INSEAD Columbia University.