fiscalizacao procon

Empresa deverá explicar sobre aumento de preço do insumo hidroxicloroquina

 

O Procon/SP notificou a Associação Brasileira dos Revendedores e Importadores de Insumos Farmacêuticos (ABRIFAR) para que esclareça sobre significativa alteração nos valores referentes ao insumo hidroxicloroquina.

A entidade recebeu denúncias que após a divulgação de notícias, sobre os testes com hidroxicloroquina que demonstraram eficácia no tratamento da COVID-19 causada pelo novo coronavírus, ocorreram significas alterações no valor da matéria-prima.

A ABRIFAR deverá informar os valores praticados na venda do referido insumo, diariamente, nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2020. Em caso de majoração de valores, a empresa deverá justificar os preços praticados.

A ABRIFAR deverá informar os valores praticados na venda do referido insumo, diariamente, nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2020. Em caso de majoração de valores, a empresa deverá justificar os preços praticados.

Segundo o Procon a empresa foi notificada na última segunda-feira (23/3) e tem 24 horas para responder.

 

  

Texto por Fábio Reis para PFARMA

* A reprodução é permitida, desde que citado o autor e fonte com link para https://pfarma.com.br 

 

Sobre hidroxicloroquina e cloroquina leia também:

Hidroxicloroquina apresenta bons resultados contra o coronavírus

Apsen divulga comunicado sobre o Reuquinol (hidroxicloroquina)

Especialista da USP diz que Ibuprofeno e cloroquina não são recomendáveis para tratar coronavírus

Novartis vai doar 130 milhões de doses de hidroxicloroquina

Homem morre após tomar cloroquina vendida em petshop