grupo tapajos

Distribuidora movimenta 40% do faturamento da companhia

 

 

Como parte do investimento de R$ 15 milhões em tecnologia, o Grupo Tapajós implementou um sistema que permite a digitalização das operações da sua distribuidora homônima. O atacado farmacêutico responde por cerca de 40% do faturamento de R$ 1,1 bilhão da companhia.

Para garantir o agendamento dos produtos adquiridos e programados, com qualidade e menor tempo possível, a distribuidora automatizou o sistema de agendamento e promoveu uma revisão processual. Essa decisão já garantiu uma melhora de 52% no nível de serviço de recebimento de cargas e a companhia passou a monitorar em tempo real os recebimentos nos CDs. “A indústria, por meio de sua distribuição, pode selecionar a data disponível para entrega na doca”, destaca Edson Nunes Ferreira, diretor de supply chain e prevenção de perdas.

O grupo também já está incorporando à operação do atacado farmacêutico uma solução avançada que permite gerenciar, em tempo real, o desempenho da frota de veículos e da equipe de transportadores.

A Tapajós mantém quatro centros de distribuição (CDs) nas cidades de Belém (PA), Boa Vista (RR), Manaus (AM) e Porto Velho (RO), que atendem 3,1 mil clientes mensalmente e contam com 9 mil SKUs no portfólio – disponibilizados por 180 fabricantes. Os complexos possibilitam abastecer as 125 farmácias de três bandeiras de varejo. São elas a FarmaBem, a Flexfarma e a Drogaria Santo Remédio.