estirpe coronavirus chines 

Pesquisadores manipulam estirpes do coronavírus (Xinhua/Liu Peicheng) 

 

A China divulgou novos progressos na pesquisa de medicamentos e terapias para a COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2. Um dos destaques deste novo avanço é o tratamento com células-tronco, aplicado em mais de 200 casos em Wuhan. O tratamento foi divulgado por Sun Yanrong, vice-diretora do Centro Nacional de Desenvolvimento de Biotecnologia da China sob o Ministério da Ciência e Tecnologia.

Os ensaios clínicos mostraram que a terapia é segura e pode aumentar a taxa de cura entre pacientes graves, inibindo a inflamação pulmonar e melhorando a função respiratória dos pacientes no período de reabilitação, explicou Sun.

Sun disse que a China também fez progressos na terapia com plasma convalescente. Até o momento, mais de 700 pacientes receberam esse tratamento com bons resultados. O tempo médio de permanência na UTI dos pacientes que receberam terapia com plasma convalescente foi significativamente menor do que no grupo de controle.

Segundo o governo chinês, o país já lançou 27 projetos de pesquisa de medicamentos, terapias e tecnologias relacionadas.

 

Texto por Fábio Reis para PFARMA

* A reprodução é permitida, desde que citado o autor e fonte com link para https://pfarma.com.br 

 

Sobre Estudos Clínicos de medicamentos experimentais para combater o coronavírus:

Estudo in vitro com Ivermectina

Hidroxicloroquina apresenta bons resultados contra o coronavírus

Sobre o uso do Ibuprofeno, Cortisona e Tiazolidinediona em infecções por Coronavírus

Takeda está desenvolvendo terapia derivada do plasma para o coronavírus

Favipiravir demonstra eficácia no tratamento do Coronavírus