sinovac coronavac vacina covid19

Quem foi imunizado com CoronaVac pode entrar na Europa da mesma forma que quem tomou Pfizer.

 

 

Atualmente na Europa só são aceitos o Passaporte de Imunidade para a circulação de cidadões europeus imunizados contra covid-19 em um dos 27 países que fazem parte do bloco. Porém, os países podem aceitar o certificado de vacinação de pessoas imunizadas em outros países desde que sejam vacinadas com um dos imunizantes aprovados pela EMA (Agência Europeia de Medicamentos) e OMS (Organização Mundial da Saúde).

Em entrevista à CNN Brasil em 2 de junho, a vice-diretora geral da área de Medicamentos, Vacinas e Produtos Farmacêuticos da OMS, Mariângela Simão, disse que brasileiros vacinados com a CoronaVac poderão entrar na Europa.

“Todas as vacinas que forem aprovadas para uso emergencial pela Organização Mundial da Saúde vão ser autorizadas a entrar pelo menos no espaço da União Europeia. Essa é a única região que já estabeleceu quais vão ser as suas regras”, afirmou a diretora

Até o momento 6 vacinas foram aprovadas pela OMS, são: Pfizer, AstraZeneca, Janssen, Moderna, Sinopharm e CoronaVac.

Mas cabe ressaltar que no momento apenas viajantes de 14 países possuem isenção de restrição para entrar no bloco, são eles: 

  • Albânia 
  • Austrália
  • Israel
  • Japão
  • Líbano 
  • Nova Zelândia
  • República da Macedónia do Norte 
  • Ruanda
  • Singapura
  • Sérvia 
  • Coreia do Sul
  • Tailândia
  • Estados Unidos da América 
  • China, sob reserva de confirmação de reciprocidade