Pesquisadores da Universidade de Northwestern realizaram um estudo em que ficou comprovado que pessoas que usam jaleco se tornam mais atenciosas e realizam as suas tarefas com maior precisão. Contudo, é preciso que a roupa seja associada com profissionais de saúde ou cientistas.

Durante os testes, os cientistas pediram a um grupo de voluntários que utilizasse jalecos brancos e em seguida mediram a capacidade de concentração dos participantes. Aqueles que estavam uniformizados acertaram duas vezes mais as suas tarefas.

Mas vale um alerta. A pesquisa constatou ainda que quando foi dito aos voluntários que o jaleco estava associado a um artista plástico, não houve nenhum acréscimo no número de acertos. Segundo Hajo Adam e Adam Galisnky, autores do estudo, o estudo indica que a peça de roupa utilizada tem influência direta na experiência física do trabalho.

 

Fábio Reis
Author: Fábio ReisWebsite: https://linkedin.com/in/fabiolreis
Fundador do Pfarma. Possui registro como Jornalista MTB 39014/RJ e Farmacêutico CRF-RJ 14376.