mascara protecao caseira coronavirus

 

Um estudo realizado na Universidade de Qingdao, na China, investigou o percentual do bloqueio de máscaras de proteção para como proposta para enfrentamento durante a pandemia pelo novo coronavírus SARS-CoV-2.

Nos testes foram utilizadas 3 tipos de máscaras de proteção: Máscaras N95, Máscara Cirúrgica e Máscara Caseira de tecido.

máscara caseira de pano analisada foi feita com uma camada de tecido e 4 camadas de toalha de papel de cozinha.

A eficácia dos três tipos de máscaras foram avaliadas usando o vírus da influenza aviária em alusão ao coronavírus. A quantificação do vírus foi realizada usando RT-PCR em tempo real. Também foi feita uma revisão de estudos anteriores sobre o uso de máscaras de proteção.

 

Resultado do teste para máscaras de proteção na capacidade de bloqueio do vírus em aerossóis:

1) Máscaras N95 - 99,98%
2) Máscara Cirúrgica - 97,14%
3) Máscara Caseira - 95,15%

 

Segundo os pesquisadores em relação aos estudos que contestaram a eficácia das máscaras cirúrgicas foram "possivelmente devido a julgamentos errôneos".

 

Sobre limpeza instantânea das mãos

Para o teste de limpeza das mãos foram utilizadas toalhas úmidas embebidas em soluções sanitizantes, com os seguintes resultados no potencial de remoção do vírus das mãos:

1) 1,00% de sabão em pó - 98,36%,
3) 0,05% de cloro ativo - 96,62%
3) 0,25% de cloro ativo do hipoclorito de sódio - 99,98%

 

O estudo concluiu que "o uso de máscaras de proteção, juntamente com a higiene das mãos são eficientes para retardar a propagação exponencial do coronavírus". O estudo se baseia nas experiências de sete países no combate ao COVID-19.

O artigo "Potential utilities of mask wearing and instant hand hygiene for fighting SARS‐CoV‐2" pode ser encontrado em https://doi.org/10.1002/jmv.25805  

 

Texto por Fábio Reis para PFARMA

* A reprodução é permitida, desde que citado o autor e fonte com link para https://pfarma.com.br 

 

Sobre Estudos Clínicos de medicamentos experimentais para combater o coronavírus:

Estudo in vitro com Ivermectina

Hidroxicloroquina apresenta bons resultados contra o coronavírus

Sobre o uso do Ibuprofeno, Cortisona e Tiazolidinediona em infecções por Coronavírus

Takeda está desenvolvendo terapia derivada do plasma para o coronavírus

Favipiravir demonstra eficácia no tratamento do Coronavírus